Quanto custam as casas dos jogadores de futebol?

Quanto custam as casas dos jogadores de futebol? As casas para os milionários como os futebolistas são ostentação, sucesso, mas acima de tudo investimentos, a serem rentabilizados ao longo dos anos e, entretanto, usufruírem de casas únicas no seu gênero.

Aqui estão alguns exemplos de casas malucas e seu valor econômico: dos 10 milhões de euros da casa de Messi em Barcelona aos quase 30 milhões gastos por Neymar na mansão carioca. Leia conosco e descubra quanto custam as casas dos jogadores de futebol. Vamos lá!

1. Didier Drogba e a sala dedicada aos (muitos) troféus conquistados na carreira

Uma das casas mais luxuosas (entre as conhecidas) é de propriedade de Didier Drogba, estrela de longa data do Chelsea: o marfinense comprou de fato uma casa no valor de 21 milhões de dólares. É uma casa particularmente grande, com uma área de 8.500 metros quadrados e equipada com sete quartos e oito casas de banho.

Drogba é conhecido por ser um benfeitor e também um jogador de futebol de sucesso: fundou uma associação em seu nome e é embaixador das Nações Unidas. Nem sua família pode reclamar: com sua esposa e três filhos, ele mora em uma casa em Londres cercada por uma grande propriedade.

Há rumores de que na casa há também uma sala dedicada à sua carreira esportiva, na qual o futebolista guarda zelosamente todos os troféus que conquistou, incluindo o de futebolista africano do ano.

2. Lionel Messi e a casa projetada para ele em Barcelona

Há as casas de luxo e há as casas dos jogadores de futebol, a que Lionel Messi deixou momentaneamente em Barcelona é definitivamente uma casa que só um jogador de futebol poderia ter construído.

A ideia da casa é ideia do arquiteto espanhol Luis Garrido e é uma residência que, vista de cima, pode parecer o círculo de um meio-campo ou uma grande bola de futebol. A casa de Messi está localizada em um enorme terreno verde, cujo parque é dividido em duas metades: uma é um jardim e a outra uma piscina.

Uma imensa série de janelas circunda o perímetro da casa que se caracteriza por ser uma enorme estrutura circular com três pisos, divididos por sua vez em 6 setores. O custo desta casa? Pouco menos de 10 milhões de euros. Em suma, assim que sua aventura em Paris terminar, seu palácio na Catalunha o espera.

3. Neymar e o palácio de quase 30 milhões de euros no Brasil

Muitas vezes referido como o herdeiro de Pelé, Neymar nunca perde a oportunidade de mostrar ao mundo não apenas suas qualidades futebolísticas, mas também seu talento, dando espaço aos seus empreendimentos.

Os imóveis do jogador do PSG são apenas um caso que se enquadra neste caso: uma casa super luxuosa em Mangaratiba, no Rio, não só para ser usada nas férias, mas como emblema da riqueza adquirida após os difíceis anos passados no Brasil.

Estamos falando de uma estrutura com um valor total que chega a 28 milhões de euros, o local onde Neymar se refugia para se recuperar de lesões e recuperar a moral. O que inclui? Cerca de 10.000 metros quadrados, seis suítes, heliponto, duas quadras de tênis, centro de bem-estar e academia.

4. Tevez e a redenção social que também passa pela vila de luxo

Tevez sempre reiterou que vinha da pobreza e das dificuldades de um território que oferecia muito pouco, sempre dedicando palavras e gestos aos infames bairros argentinos. Como ele confirmou repetidamente, o futebol era a sua salvação, e a história ensina que quem tem fome apreciará totalmente os dons da vida.

É o caso de Tevez, que contou como com seu primeiro salário comprou 10 mansões para seus tios, antes de se presentear com algo muito mais luxuoso: uma mansão de 3,7 milhões de euros em Madrid.

700 metros quadrados e um jardim de 2000 metros quadrados. Pode não ser a mega casa de luxo que muitos outros jogadores de futebol possuem, mas ainda representa uma grande propriedade e uma história que vale a pena contar.

5. Cristiano Ronaldo e a sua casa de luxo em Madrid 

O palácio CR7 está localizado na propriedade Pozuelo de Alarcon, o bairro residencial de luxo mais seguro da Europa. Apesar de estar a 10 minutos de carro do centro, este complexo de apartamentos goza de extrema privacidade.

A casa do atacante que gerou muitas entradas nas casas de apostas no futebol, está a poucos passos da casa de outros jogadores: a casa de Zidane, de Iker Casillas e a casa de Sergio Ramos estão próximas. Um verdadeiro Real Estate para estrelas do futebol.

A casa de Cristiano Ronaldo é uma das mais conhecidas da zona residencial: desenhada por Joaquin Torres, conhecido como o arquiteto do famoso, o edifício se situa numa área de 4.500 metros quadrados que inclui uma grande piscina e um jardim com vegetação regional.

A casa tem 900 metros quadrados de superfície e tem uma garagem com seis lugares de estacionamento onde o ex-atacante do Real Madrid guarda os seus luxuosos carros à medida de seus gostos. Até a próxima!

Como se tornar um policial por Concurso?

Como se tornar um policial? Quais passos devem ser seguidos por quem sonha em um dia passar em um concurso de carreiras policiais? É realmente o tipo de concurso mais difícil que existe ou é apenas um mito? Quais são as provas que um concurseiro deve realizar para garantir a sua entrada na polícia?

Ser concursado é ter a certeza de ter segurança financeira e estabilidade em um emprego na vida. Porém, essa segurança para por aqui quando o assunto são as carreiras policiais. Não é nada fácil ser um policial no cotidiano, estar disposto a ficar em perigo diariamente é uma tarefa para poucos, principalmente quando falamos sobre policiais militares.

Ainda sim, é uma carreira que se torna o sonho de muitos concurseiros. Seja um concurseiro de polícia rodoviária federal, polícia civil, polícia militar ou polícia federal: a dificuldade de passar em um concurso como esse e a importância de ser um profissional de alta qualidade é o que chama a atenção de muitos.

Neste conteúdo, vamos citar um pequeno passo a passo de como se tornar um policial, desde o momento em que você faz seus estudos até a última “prova” psicotécnica. Portanto, caso queira saber mais sobre o assunto para se tornar um policial, acompanhe-nos até o final da matéria. Vamos lá!

Como se tornar um policial?

Estude diariamente

O primeiro passo e essencial para quem quer saber como se tornar um policial, é estudar diariamente de maneira incessante. E por que? Porque a prática leva a perfeição. Estima-se que os dedicados são apenas 3x a quantidade de vagas de um edital aberto, independentemente do concurso que estejamos falando.

Dessa forma, se foram abertas 800 vagas para a PRF e temos 50 mil inscritos, somente 2.400 estão realmente preparados e buscando pela sua vaga dos sonhos. O restante são pessoas que se inscreveram de última hora, esperando de alguma forma passar na prova que deveria ter sido estudada há muito tempo.

Portanto, nossa primeira recomendação é que você estude diariamente, pelo menos 3hs por dia. Quem puder estudar mais horas por dia, usufrua desse tempo. Você não se arrependerá das horas gastas/investidas em estudos quando estiver aproveitando sua vida de concursado policial.

Faça várias provas antigas

Agora que já está estudando diariamente, experimente fazer provas antigas deste concurso em que você quer participar. Muitas bancas organizadoras continuam sendo as mesmas entre um concurso e outro do mesmo órgão público. Dessa forma, muitas questões são reutilizadas, e, além disso, o estilo de prova é mantido.

Assim, é possível saber se vão ser usadas pegadinhas ou não, qual é o tipo de abordagem mais usada nas questões diversas, quais são as pontuações mais pesadas e em quais questões você deve estudar mais para se sair bem no dia de prova. Essas provas antigas estão espalhadas pela internet, basta você fazer uma busca minuciosa para encontrá-las e aproveitá-las para o seu estudo.

Espere o edital abrir e inscreva-se no concurso

Já está preparado em termos de estudos? Então está na hora de esperar o edital abrir e se inscrever no concurso. É uma das partes mais importantes para que tudo dê certo, isso porque qualquer informação errônea colocada em seu cadastro pode gerar problemas em um futuro não tão distante.

Então, faça sua inscrição com calma e tenha certeza do que está preenchendo. Como se tornar um policial? Bem, vamos supor que você já se inscreveu, agora, devemos partir para a próxima etapa e mais importante de todo o processo: a prova teórica. Continue lendo conosco para saber mais.

Faça a prova teórica

Chegamos então ao ponto crucial de sua jornada em busca de ser um concurso: a prova. As provas de concurso costumam ter 90 questões, distribuídas entre ciências humanas, atualidades, matemática, específicas, entre outras possíveis subdivisões entre as questões presentes.

Para continuarmos nosso guia, vamos aqui supor que você passou na prova. Uhul!, já sou concursado, certo? Errado, no caso de concursos policiais, ainda faltam mais duas etapas a serem concluídas: a prova prática e o psicotécnico. Continue lendo conosco!

Faça a prova prática

A prova prática envolve atividades físicas que devem ser respeitadas em termos de quantidade: quantas barras você consegue fazer, determinada quilometragem percorrida dentro de 12 minutos (teste de Cooper), salto em distância, nado livre, etc. Tudo depende do setor da polícia e também do que o edital pede.

Faça o psicotécnico

Como se tornar um policial? Se você passou na prática, sobrou apenas o psicotécnico. Nesta última fase, um profissional de psiquiatria avalia suas condições psicológicas de assumir seu cargo. Caso seu desempenho seja bom, então você receberá um comunicado via e-mail e carta de que foi aprovado, para iniciar seu treinamento. E então, o que achou de saber como se tornar um policial? Ficou com dúvidas? Comente abaixo. Até a próxima!